Comunidade urbana totalmente autossuficiente surge na Holanda

Comunidade urbana totalmente autossuficiente surge na Holanda



ReGen Villages é um projeto visionário para o desenvolvimento de ecovilas independentes, fora do sistema. Totalmente integradas e resilientes, o modelo de bairro do futuro pode alimentar famílias autossuficientes em todo o mundo.

A primeira comunidade piloto, que vai tirar o projeto da utopia para transformá-lo em realidade, está localizada em Almere, na Holanda. Com projeto do premiado escritório de arquitetura e urbanismo EFFEKT, a comunidade abrigará inicialmente 25 casas, que após fase de testes, serão replicadas até um total de 100 residências.

O conceito combina uma variedade de tecnologias inovadoras, tais como casas que geram e armazenam energia renovável, produção de alimentos orgânicos de alto rendimento no próprio local, agricultura vertical, sistemas aquapônicos (que combinam agricultura e criação de peixes), além da gestão da água (captação, reuso e reciclagem) e gerenciamento de resíduos por meio da compostagem e reciclagem.

Com a integração dessas tecnologias, a ReGen Villages tem potencial para enfrentar alguns dos desafios de uma população em crescimento, como o aumento da urbanização, a escassez de recursos, a crescente crise alimentar e o aumento das emissões de CO2. A comunidade foi pensada em um ciclo fechado, onde todos os processos tem um destino certo de retorno.

“Tecnologias existentes já estão sendo aplicadas em projetos de comunidades integradas e inteligentes, fornecendo energia limpa, água e alimentos localmente. A ReGen Villages acrescenta não apenas valor ambiental e financeiro, mas também valor social, criando um quadro para capacitar as famílias e desenvolver um sentido de comunidade, onde as pessoas se tornam parte de um ecossistema local compartilhado, reconectando as pessoas com a natureza e o consumo com a produção”, explica o site do escritório de arquitetura.

Acordos também estão sendo feitos para que outras vilas, seguindo o mesmo modelo, sejam construídas em outros países como na Suécia, Dinamarca, Noruega, Alemanha, Bélgica, Grã-Bretanha e Estados Unidos.
O ReGen Villages já recebeu mais de 10 mil e-mails de todo o mundo de pessoas interessadas no modelo, querendo investir, morar ou replicar o projeto. É possível fazer um cadastro no site caso haja interesse em morar em uma das futuras vilas, clique aqui para mais informações.

Fonte: Ciclovivo





POR QUE CIDADES INTELIGENTES PRECISAM DE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO?

POR QUE CIDADES INTELIGENTES PRECISAM DE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO?

T-Systems Brasil apresenta sua visão de cidade inteligente

T-Systems Brasil apresenta sua visão de cidade inteligente

Plataforma YouShip: a Uber das encomendas para uma entrega mais eficiente

Plataforma YouShip: a Uber das encomendas para uma entrega mais eficiente

Secretário de Planejamento conhece projeto de “Cidade Inteligente” na França

Secretário de Planejamento conhece projeto de “Cidade Inteligente” na França

O que podemos aprender com as três gerações de Cidades Inteligentes

O que podemos aprender com as três gerações de Cidades Inteligentes

Alibaba compra empresa chinesa para investir em nuvem e internet das coisas

Alibaba compra empresa chinesa para investir em nuvem e internet das coisas

Para avaliar hábitos perigosos no trânsito, seguradora usa app com telemetria

Para avaliar hábitos perigosos no trânsito, seguradora usa app com telemetria

Beacons: Santa Catarina alia o digital à experiência turística

Beacons: Santa Catarina alia o digital à experiência turística

Informa Group patrocina projeto de inclusão social

Informa Group patrocina projeto de inclusão social

A cultura de startup que transformou a NVIDIA em uma gigante do Vale do Silício

A cultura de startup que transformou a NVIDIA em uma gigante do Vale do Silício



Paginas ( 1 / 46 ) Próxima