São Paulo sediará rodadas de negócios com startups ligadas às cidades inteligentes

São Paulo sediará rodadas de negócios com startups ligadas às cidades inteligentes



Evento trará startups de diferentes países com soluções e serviços em mobilidade, segurança, sustentabilidade e conectividade

Com a perspectiva de promover inovações e gerar negócios voltados às cidades inteligentes, o Smart City Business America Congress & Expo (SCBAC&E), em parceria com governos (Canadá, França e Reino Unido) e parceiros internacionais (China, EUA e Israel), trará startups desses países com possibilidades de atuação no Brasil.

A ideia é reunir essas empresas a potenciais representantes ou consultores brasileiros, que conheçam o mercado nacional e que possam ajudá-las na adequação dos seus produtos/serviços no País. 

Um processo para selecionar os interessados a participarem de rodadas de negócios para reunir essas duas pontas está aberto com inscrições até o dia 26 de janeiro. As reuniões serão realizadas no SCBAC&E entre os dias 16 e 18 de abril, em São Paulo. O edital completo e as inscrições podem ser feitas no site. 

“O objetivo é ampliar o leque de soluções que agreguem valor às cidades nos diversos aspectos de seu funcionamento, tais como mobilidade, segurança, conectividade, sustentabilidade e outros”, afirma Leopoldo Albuquerque, presidente do evento. Está prevista a participação de 30 empresas e startups que já atuam no mercado de cidades inteligentes em seus países e/ou outros mercados, com produtos comerciais. E, segundo o executivo, a perspectiva é de que todas essas empresas passem a atuar no Brasil, sob a liderança de brasileiros experientes, que saberão como conquistar o mercado local.

Os consultores ou representantes que se inscreverem terão direito à credencial para os três dias do evento, participação nas apresentações e acesso aos dados e contatos das companhias internacionais participantes. Quem for selecionado participará de reuniões e rodadas de negócios, além de um almoço com prefeitos presentes. 

As propostas serão avaliadas por uma comissão com representantes dos governos e parceiros internacionais. Na avaliação e seleção dos melhores perfis serão considerados a compatibilidade entre o perfil apresentado e o escopo solicitado, a qualidade técnica dos candidatos e a demanda apresentada pelas empresas estrangeiras.

Além do ambiente de exposição e do congresso com mais de 50 painéis, o evento contará com fóruns temáticos e ilhas de reuniões estratégicas. Em paralelo, será realizada a 6ª edição do Prêmio InovaCidade, no qual serão reconhecidos os projetos e iniciativas que tenham causado impactos positivos, mensuráveis e reconhecidos pela sociedade, realizados pela administração pública, iniciativa privada ou pela sociedade.

Fonte: vipceo





POR QUE CIDADES INTELIGENTES PRECISAM DE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO?

POR QUE CIDADES INTELIGENTES PRECISAM DE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO?

T-Systems Brasil apresenta sua visão de cidade inteligente

T-Systems Brasil apresenta sua visão de cidade inteligente

Plataforma YouShip: a Uber das encomendas para uma entrega mais eficiente

Plataforma YouShip: a Uber das encomendas para uma entrega mais eficiente

Secretário de Planejamento conhece projeto de “Cidade Inteligente” na França

Secretário de Planejamento conhece projeto de “Cidade Inteligente” na França

O que podemos aprender com as três gerações de Cidades Inteligentes

O que podemos aprender com as três gerações de Cidades Inteligentes

Alibaba compra empresa chinesa para investir em nuvem e internet das coisas

Alibaba compra empresa chinesa para investir em nuvem e internet das coisas

Para avaliar hábitos perigosos no trânsito, seguradora usa app com telemetria

Para avaliar hábitos perigosos no trânsito, seguradora usa app com telemetria

Beacons: Santa Catarina alia o digital à experiência turística

Beacons: Santa Catarina alia o digital à experiência turística

Informa Group patrocina projeto de inclusão social

Informa Group patrocina projeto de inclusão social

A cultura de startup que transformou a NVIDIA em uma gigante do Vale do Silício

A cultura de startup que transformou a NVIDIA em uma gigante do Vale do Silício



Paginas ( 1 / 46 ) Próxima